A criatividade infantil pode ser um recurso valioso na hora de decorar a casa. Afinal, sabemos que tempo e imaginação de sobra permitem às crianças se expressarem por meio de trabalhos de colagens, desenhos e pinturas.

Para provar que é possível aproveitar a arte dos pequenos, trouxemos hoje sete dicas de decoração com desenhos. Acompanhe e saiba como colocá-las em prática!

1. Transforme os desenhos em quadros

Pais orgulhosos sempre querem mostrar as criações de seus filhos a grupos de amigos e familiares, certo? Pois uma ótima forma de fazer isso é transformar os desenhos em quadrinhos com diferentes tamanhos.

Você pode comprar molduras tradicionais ou customizar modelos utilizando pedaços de adesivo de parede. Para a segunda opção, basta cortar o adesivo no formato e tamanho desejado para que consiga contornar a folha de desenho.

Os quadrinhos prontos podem ser pendurados em conjuntos para formar grandes painéis ou ser distribuídos em diversos ambientes da casa, como sala de estar, quarto de casal, quarto dos filhos e corredores.

2. Crie ímãs de geladeira com pequenas gravuras

Os ímãs de geladeira possuem um lugar especial na cozinha de muitas residências. Aos apaixonados por esse item decorativo, nossa dica é criar novos modelos com as gravuras feitas pelas crianças.

Na hora de pendurar folhas de papel, use peças magnéticas pequenas para não cobrir partes importantes do desenho. Você também pode colar ímãs em grampos de roupa e depois fixá-los na geladeira para segurar os papéis.

Outra opção é colar cada desenho sobre um pedaço de cartolina grossa. Dessa forma, é possível fixar o ímã diretamente na peça que contém a gravura para evitar que ela se desprenda e caia no chão.

3. Monte um varal para exibir a arte dos pequenos

Simples de fazer, o varal é ideal para quem quer alegrar o ambiente sem muito esforço. Essa solução versátil possibilita exibir grande quantidade de desenhos ou de fotografias das crianças com a família. Veja o passo a passo para montá-lo:

  • escolha uma parede com área suficiente para instalar o varal;
  • estique um barbante no sentido horizontal e prenda as suas extremidades com fita adesiva ou com pregos;
  • distribua grampos de roupa sobre o barbante esticado;
  • pendure os desenhos desejados.

A proposta do varal é interessante porque permite que você renove a exposição de desenhos sempre que necessário. A ideia também pode ser adaptada para paredes menores se for usada no sentido vertical. Nesse caso, basta fixar o barbante diretamente no teto e cortá-lo na altura desejada.

4. Instale uma lousa de parede para decorar a casa

A tradicional lousa — também chamada de quadro-negro — de desenhos pode incrementar a decoração de diversos ambientes da casa. Com a peça instalada na parede, as crianças terão liberdade para rabiscar, escrever e apagar sempre que tiverem vontade.

Além da lousa pronta, existe a possibilidade de pintar a parede com uma tinta que tem o mesmo efeito. Conhecida como tinta lousa, o produto oferece um acabamento perfeito para desenhos a giz e é ideal para cobrir grandes superfícies.

Quem não se contenta com o verde e o preto das lousas pode investir em um painel metálico ou painel de cortiça para expor desenhos. Esses elementos podem ser mantidos nas paredes da sala, no quarto das crianças ou até em uma varanda fechada.

5. Transfira os desenhos para objetos decorativos

Diversas empresas nacionais vêm investindo no universo da decoração infantil. Nesse meio, muitos dos produtos de destaque são inspirados em desenhos. Veja alguns exemplos que você pode apostar para incrementar a casa:

Bonecos que dão vida aos desenhos

Algumas empresas são capazes de transformar simples rabiscos em bichinhos de tecido forrado e costurado. Para obter o produto, basta que você envie uma gravura especial para um ateliê especializado em customização. A imagem representada no papel será reproduzida fielmente na forma de um bonequinho de pano.

Fronhas e colchas estampadas

Já pensou em transferir os desenhos das crianças para peças de tecido? Pois saiba que algumas empresas fazem exatamente isso. Nesse trabalho, a gravura escolhida é recriada sobre o pano com a técnica de patchwork para estampar fronhas, colchas e até capas de almofada.

Quadro com retrospectiva

O quadro com retrospectiva é estruturado com desenhos feitos em diferentes fases da vida da criança. O objetivo da exposição em sequência é justamente mostrar a evolução do traço e o uso das cores com o passar do tempo. Esse material pode ser encomendado com empresas especializadas e dá um toque lúdico à decoração.

Fotolivro

Os pais que não querem perder cada desenho feito pelos filhos podem investir no fotolivro, um arquivo em formato de livro. As gravuras são enviadas para uma equipe que organiza, faz curadoria e fotografa as imagens em estúdio antes de produzir o material. Além de servir de lembrança, o fotolivro pode complementar a decoração da casa.

6. Cole desenhos sobre o adesivo de parede

Quem não gosta do efeito criado com um adesivo de parede? A vantagem é que você pode usar esse material como base para a exibição dos desenhos das crianças.

Por exemplo: cole um adesivo de parede com formato e estampa de árvore. Em seguida, peça que os pequenos desenhem elementos que possam completar essa imagem. Podem ser frutas, flores, aves e esquilos. Depois de pronto, basta recortar as gravuras e colá-las sobre o adesivo de parede.

Você também pode usar o tema urbano e colar um adesivo que tenha a imagem de uma cidade ou ponto turístico. Sobre ele, as crianças podem colar seus próprios desenhos de pessoas, barcos, automóveis e casas.

7. Estampe caixas organizadoras

Quem tem filhos sempre precisa de um espaço a mais para armazenar brinquedos e materiais escolares, não é mesmo? Felizmente, as caixas organizadoras vieram para cumprir esse papel e, de quebra, incrementar o visual do ambiente.

Porém, se você acha que adquiriu um conjunto de caixas com aparência simples, aproveite para personalizá-las com os desenhos das crianças. Para isso, recorte as gravuras no mesmo tamanho das faces da caixa e finalize com uma camada de cola.

Veja que, com um pouco de criatividade e ousadia, é possível se inspirar nas crianças e obter diferentes soluções.

Agora que sabe como usar desenhos para decorar a casa, já pode selecionar as dicas que vão deixar o seu lar mais aconchegante e divertido.

Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Aproveite para comentar no post!

 

Conheça a loja

Escrito por QCola