ambiente acolhedor

As férias estão aí e certamente você já quer correr para o seu refúgio: a casa de praia. Com lindas paisagens e um clima que por si só já remete ao descanso e à curtição, podemos deixar tudo ainda mais especial com a decoração da casa de praia. 

Um ambiente acolhedor e aconchegante combina com férias, com descanso e funciona muito bem para renovar as energias. Trouxemos 7 dicas para você aproveitar melhor o espaço da sua casa de praia e deixá-la ainda mais bonita para receber a família e os amigos. 

Para começar a entrar no clima, tenha em mente que três itens são fundamentais para a decoração da casa de praia: conforto, praticidade e conservação. Vamos lá! 

1. Escolha materiais resistentes à maresia

O clima litorâneo é úmido e a famosa maresia acaba por danificar as residências ao longo do tempo. Para garantir uma durabilidade maior dos móveis, da estrutura da casa e demais itens de decoração, o segredo é fugir de materiais corrosivos, como ferro e demais metais. 

Para a parte estrutural (principalmente área externa), prefira revestimentos em alumínio, madeira, bambu, cerâmicas, inox e as fibras naturais. Fique atento em relação à madeira. Ela traz acabamentos muito charmosos e para manter a beleza por mais tempo, capriche no verniz. 

2. Acerte no revestimento dos móveis

O ambiente é de lazer, pessoas entrando e saindo o tempo todo molhadas, cheias de areia, protetor solar, bronzeador… É preciso pensar na praticidade da limpeza e na conservação do mobiliário. 

Peças em fibra sintética e tecidos impermeáveis são ótimos para sofás e estofados. Para a estrutura de mesas, cadeiras e bancos, as fibras sintéticas não têm erro. 

Assim, você não precisa se preocupar com crianças molhadas no sofá, a limpeza é mais fácil e o risco de mofar é mínimo. 

3. Atente-se ao piso da casa

Na hora de escolher o piso, é muito importante levar em conta que a casa fica bastante tempo fechada, que as pessoas chegarão com os pés sujos de areia e que as crianças e os idosos estão mais vulneráveis a escorregões nas áreas que ficam mais molhadas. 

Para a parte interna da casa, materiais que “respiram” melhor e que são mais resistentes a arranhões são as melhores escolhas. O porcelanato entra nesses requisitos. 

Já do lado de fora, os pisos antiderrapantes garantem a segurança para a correria dos pequenos e para os idosos. Se você tem uma piscina na residência, vale a pena conhecer os materiais atérmicos, que não esquentam e são muito bons para o local da piscina. 

4. Dê uma chance ao estilo rústico

estilo rustico

O encanto natural do lugar cai muito bem com o estilo rústico. Fica charmoso e deixa sua casa bem aconchegante. Não precisa exagerar, se não for muito a sua cara. Você pode investir nos detalhes, como mantas e almofadas, pequenos itens da cozinha feitos de palha, cestos. 

Agora, se você curte bastante esse estilo, aposte em móveis de madeira e fibras naturais, acabamentos em bambu, tapeçaria, quadros e o que mais sua criatividade deixar. Cuidado apenas para não exagerar e o ambiente ficar pesado. 

Outro material que dá um ar leve e sofisticado são os paletes. Eles se integram facilmente tanto aos ambientes internos, quanto aos externos. É uma opção estratégica para economizar dinheiro e com elegância. 

5. Leve os itens da praia para a decoração

Entre no clima do litoral e deixe sua casa com a cara da praia. Aposte em artigos decorativos com conchas, búzios, estrela do mar, palha. Harmoniza bem com o estilo rústico e também com visuais mais leves. 

Os itens em temas náuticos também ficam interessantes na composição. Dá para aproveitar as cores em quadros, colchas, almofadas e também em adesivos e papéis de parede. São peças de uso prático e dão um efeito incrível no ambiente. 

6. Use e abuse da ventilação (faça o ar circular)

Como dissemos, a casa precisa “respirar”, pois além de ficar a maior parte do tempo fechada, no calor pode dar uma sensação de abafamento. A principal alternativa para isso é ter janelas grandes nos cômodos. Mas, se isso não for possível, os truques abaixo ajudam bastante. Ah! E mesmo se a residência tiver essas janelas grandes, você pode usar também. 

  • Use cores claras, pois elas dão uma sensação de ampliação da área;
  • Inclua espelhos na decoração e vidros nas portas e divisórias de ambientes, pois eles também dão a impressão de ambiente maior.
  • Evite o excesso de móveis, quadros, itens decorativos, pois pesam o ambiente e dificultam a circulação de ar e de pessoas.
  • Coloque plantas na casa, elas trazem frescor e beleza para o ambiente. Como é um clima mais quente, opte por espécies que lidam melhor com o calor. 

7. Aproveite a luz natural 

Nos arredores do litoral contamos com uma iluminação forte e que dura mais tempo. Na praia parece que a noite demora mais para chegar, não é mesmo? Então, use isso a seu favor!

Assim como para a boa ventilação, as janelas maiores são úteis no aproveitamento da luz solar. Se não dá para ser uma janela extensa, escolha uma com mais vidros em vez de madeira ou alumínio. 

Outra alternativa são as paredes de vidro, que além de deixar a luz entrar, são muito chiques. Traz aquele ar de sofisticação sem o menor esforço. 

Você pode ainda investir em blocos de vidros nas paredes (aqueles conhecidos também como tijolos de vidro). Só preste bastante atenção para não usar em excesso, pois pode acabar deixando o cômodo mais quente. 

Dica plus: inclua tudo o que for importante para seu conforto

Isso mesmo! O conforto precisa ser garantido para que você, seus familiares e amigos descansem de verdade e se desliguem do estresse do dia a dia. Por isso, tenha redes, pufes, almofadas, mantas, tapetes fofinhos, espreguiçadeiras e móveis de uso fácil para ninguém ficar se preocupando com a faxina na hora do lazer. 

Com essas sugestões deu até vontade de largar tudo e correr para a praia, não é mesmo? A decoração da casa de praia é tão importante quanto a da sua residência na cidade, com a vantagem de poder ser mais despojada. 

Gostou das dicas? Deixe um comentário aqui no post e compartilhe também suas ideias!

 

Conheça a loja

Escrito por QCola