Espaço confortavel e funcional

Com casas e apartamentos cada vez menores, integrar ambientes passou a ser uma opção. Ao unir duas áreas, aumenta-se a sensação de amplitude. O espaço também fica mais confortável e funcional. Mas, afinal, como integrar ambientes?

Certamente, essa não é uma tarefa fácil. Por isso mesmo, separamos 8 dicas para que sua casa fique incrível e para que você possa desfrutar, da melhor maneira possível, desse novo ambiente! Vamos lá?

1. Crie um layout aberto

Essa é a maneira mais conhecida para integrar ambientes: eliminar a parede que os separa. Isso funciona muito bem, por exemplo, com a cozinha e a sala de jantar. É uma forma, inclusive, de aproximar os convidados de quem está cozinhando. O preparo do jantar poderá ser uma gostosa reunião entre amigos!

Claro que, para quebrar uma parede, você deverá consultar um arquiteto ou engenheiro. Eles avaliarão se ela não é uma parede estrutural, com vigas ou encanamento.

Mas vale lembrar que nem sempre uma obra é necessária. Às vezes, apenas com mudanças no mobiliário é possível conseguir a tão desejada integração de ambientes.

2. Tenha um revestimento contínuo

Essa é uma dica simples, mas que faz toda a diferença. Um revestimento contínuo significa ter o mesmo piso nos dois ambientes que serão integrados. 

É exatamente a visão dessa linha contínua que garantirá a sensação de mais espaço. Pisos diferentes “quebram” o ambiente.

3. Aposte em cores e acessórios

Você poderá criar, dentro de um espaço integrado, diversos ambientes. Com alguns truques é possível marcá-los de maneira sutil.

Pinte uma parede de cor diferente. Ou, que tal um papel de parede? Ele dará um toque todo especial à decoração.

Um acessório, como um belo tapete, também poderá marcar a divisão entre o banheiro e o closet, por exemplo.

4. Aproveite bem o espaço

De nada adianta integrar os ambientes se eles continuarem sendo usados de maneira separada ou forem mal utilizados. 

Se você uniu a sala de estar à sacada, por exemplo, aproveite essa área externa para alocar poltronas. Assim, quem estiver lá, curtindo a vista, também poderá conversar com quer estiver assistindo à TV.

Enfim, você terá que alocar os móveis de maneira estratégica nesse novo ambiente para que ele seja realmente funcional.

5. Capriche na iluminação

Espaços com layout aberto têm a tendência de ficarem mais escuros ou com uma iluminação marcada ainda para dois ambientes.

Para que isso não aconteça, aposte em uma iluminação dispersa, garantindo que todos os cantos sejam iluminados.

Você pode conseguir essa continuidade da visão por meio da iluminação, utilizando spots e luz indireta. As luminárias podem ser diferentes, mas têm que seguir o mesmo estilo. Afinal, agora se trata de um único ambiente!

6. Use espelhos

Espelhos como coringa

Os espelhos, hoje, são grandes coringas na decoração. Eles refletem luminosidade e conferem sensação de amplitude aos espaços.

Em ambientes integrados, o espelho cria um efeito de continuidade. Com um jogo de espelhos criativos na parede, você conseguirá um ótimo resultado.

Se o seu estilo for mais clássico, invista em uma grande folha de espelho na parede. Esse tipo de decoração, além da funcionalidade, é atemporal.

7. Utilize móveis na integração de ambientes

Uma forte tendência na decoração é a utilização de móveis que separam e, ao mesmo tempo, integram ambientes. Complicado? Vamos explicar!

Alguns móveis são capazes de delimitar áreas sem criar barreiras. Confira alguns exemplos:

Bancadas

Criam uma divisão sutil e ficam perfeitas entre a cozinha e a sala de jantar. Além disso, são funcionais, servindo como espaço de apoio para refeições rápidas ou para servir bebidas e petiscos em uma reunião entre amigos.

Sofás dupla face

São dois sofás, uma para cada lado, com uma divisão ao meio. Esse item foi desenvolvido por uma empresa de design italiana e é excelente para marcar, sutilmente, a divisão entre a sala de estar e o home theater, por exemplo.

Aparadores

A maioria das pessoas tem o costume de encostar os sofás na parede. Em ambientes pequenos, muitas vezes, não há outra solução, mas em espaços maiores ou integrados é possível encontrar outras disposições mais criativas e funcionais.

A maior preocupação costuma ser como esconder as costas do sofá. Nesse sentido, os aparadores são excelentes.

Eles dividem as áreas de jantar e estar, e ainda ficam ótimos com uma coleção de porta-retratos, vasos ou objetos de decoração, conferindo mais personalidade e vida ao ambiente.

8. Leve em consideração os cômodos que serão integrados

Existem diversas combinações possíveis de ambientes. Confira alguns exemplos mais utilizados:

Cozinha com sala de jantar

Geralmente é necessário eliminar a parede que separa esses espaços. Aposte em uma ilha, que servirá como base para um cooktop e para a bancada.

Remover apenas meia parede também é uma opção. Dessa forma, o balcão poderá ser utilizado para refeições rápidas.

Cozinha com área de serviço

O mais indicado é utilizar elementos vazados para delimitar o espaço da cozinha e da área de serviço. O cobogó é decorativo e permite a ventilação necessária para esse espaço. Existe, atualmente, no mercado, uma gama de materiais vazados que ficam muito bem nesse tipo de integração de ambientes.

Sala ou quarto com escritório

Para quem precisa de tranquilidade e privacidade para trabalhar, a dica é instalar uma porta retrátil. Quando aberta, integra os ambientes, e quando fechada, forma um bonito painel.

Se esse não é o seu caso, você poderá utilizar elementos que permitem a visão do outro lado para delimitar os espaços. Pode ser uma estante ou um biombo com certa transparência.

Sala com áreas externas

O uso de portas grandes possibilita a integração de quem está dentro de casa com a natureza. Prefira as portas de vidro, para que você possa apreciar sempre o jardim ou a vista. Além disso, portas de vidro favorecem a entrada de luz natural no ambiente.

Suíte com closet

Para o closet, o recomendável é a instalação de painéis. Já para o banheiro, é interessante o uso do vidro, que aumenta a sensação de amplitude e favorece a entrada da luz natural no quarto. Quando precisar de mais privacidade, basta fechar a persiana!

Gostou das nossas dicas sobre como integrar ambientes? Então siga as nas redes sociais e fique por dentro das novidades do mundo da decoração! Estamos no Facebook, no Instagram, no Youtube e no Pinterest.

 

Conheça a loja

Escrito por QCola