estampas e papeis de parede

Quem gosta de estampas e é fã de carteirinha dos papeis de parede sempre acaba se encantando por vários modelos. Entre tantas opções de cores, tamanhos, texturas, imagens e estilos surge a dúvida: como combinar tudo isso? 

Além de pensar na harmonia entre os papeis de parede, é preciso também integrá-los aos demais elementos do ambiente como móveis, tapetes, quadros, entre outros. Para lhe ajudar a realizar o projeto dos seus sonhos e deixar a casa com a sua cara, trouxemos hoje 7 dicas de como combinar estampas. 

1. Escolha o material ideal para cada cômodo

Antes de montar o projeto visual da casa, é preciso entender as características de cada cômodo para escolher o papel de parede mais adequado a cada um deles. 

Isso vai desde qual local da casa é (quarto do casal, sala de TV, quarto das crianças, por exemplo), até aspectos como iluminação e umidade. Esses fatores vão definir qual é o material indicado para cada situação. Veja só: 

  • ambientes muito iluminados e úmidos: precisam de papeis vinílicos, que são resistentes à luz e são impermeáveis. A limpeza é fácil e a durabilidade nesses locais é bem maior. Caem bem para cozinhas, banheiros e áreas externas. 
  • ambientes secos e com iluminação intermediária: podem ser usados os materiais tradicionais (que são papeis mesmo) e os modelos feitos em TNT, aquele material que parece tecido. Fica bem em salas de TV e nos quartos. 

2. Selecione estampas no mesmo tom para um mesmo ambiente

siga o tom de cores

 

Mesclar as estampas é bonito e é tendência. Os profissionais da área da decoração e as revistas de moda casa também embarcaram nessa ideia. Uma ótima notícia para quem gosta das estampas, não é? 

Para o visual não pesar e não ficar com aquela cara de que os elementos não estão integrados, o recomendado é que você siga o mesmo tom de cores para as estampas. Mesmo que você misture diferentes estilos. 

Por exemplo, se você escolheu um papel de parede vintage, com fundo em marrom, como o principal, os demais deverão seguir a tons próximos ao marrom. Ou, no caso dos motivos florais, se o fundo é mais para um verde claro ou bege, você pode combiná-lo a listras ou poás que levem essas tonalidades. 

3. Mescle estampas de diferentes tamanhos

As diferentes padronagens de tamanhos dos papeis de parede são suas aliadas na hora de harmonizar o projeto visual. A combinação de tamanhos evita a monotonia e deixa o ambiente equilibrado. Além, é claro, de oferecer aquele ar de sofisticação. 

Então, insira desenhos maiores a detalhes minimalistas, como a dupla curinga floral e riscado para o quarto do casal. Carros, bonecas e personagens junto a listras são ótimas opções para o quarto dos pequenos. Arabescos e poás para a sala de estar. Enfim, solte a criatividade e tenha sempre em mente a palavra de ordem: equilíbrio. 

4. Prefira as bases neutras para misturar as estampas e as cores

E se você curte muito as cores vibrantes, dá para montar uma combinação de estampas? Dá sim! Não é porque imagens distintas vão se misturar, que aquele laranja vai ficar de fora. 

O pulo do gato dessa junção é optar por estampas que tenham a predominância de cores neutras, como tons pasteis, tons de marrom, bege, branco e preto. As demais cores devem vir em detalhes, sem tanto destaque. 

Isso porque, além do papel de parede, os móveis e demais objetos devem estar todos sintonizados. E se você pesa a mão no design da parede, cria-se uma restrição maior aos outros elementos da decoração. 

5. Defina uma paleta de cores como base da decoração

Sintonia nos componentes

Como dissemos na dica anterior, todos os componentes da decoração precisam estar em sintonia para que o ambiente fique charmoso e agradável. Nessa tarefa, pode acreditar, as cores é que fazem o papel principal. 

A fim de se harmonizar todos os itens do ambiente, o que funciona sem erro é definir uma paleta de cores antes mesmo de iniciar a escolha e a compra dos materiais. Com uma cor chave, você poderá orientar-se por ela e pelas outras que naturalmente a complementam. 

Assim, você não exagera na dose e não deixa de ter em seu lar elementos em sua cor favorita. Isso vale para paredes, móveis, objetos, tapetes, quadros, piso, enfim, tudo o que compõe o projeto de decoração. 

6. Entenda os efeitos visuais das estampas nas paredes

Cores e estampas são capazes de criar uma “ilusão de ótica” e de gerar impressões em relação ao tamanho do local. Você pode conseguir um efeito de mais aconchego ou mais amplidão. Entenda: 

  • para o ambiente parecer mais amplo, com mais espaço, aposte sem medo nas cores claras e nas estampas menores. Essa dica é essencial para casas e cômodos pequenos;
  • se o lugar é muito grande, deixe-o mais próximo e acolhedor com cores mais escuras e estampas maiores. Sem exagero, por favor! Senão, ficará muito pesado;
  • para dar uma ideia de ambiente mais alto, prefira listras e estampas verticais;
  • e para a parede, ou o cômodo em si, parecerem mais largos, é a vez das listras e estampas horizontais. 

 

7. Fique atento ao cálculo das medidas dos papeis de parede

medidas

Como a ideia é mesclar as estampas, os formatos e as cores, você comprará modelos diferentes para montar a decoração. Então, é muito importante considerar as medidas corretas para que não compre faltando e nem desperdice o papel de parede. 

A trena é a sua melhor amiga nesse momento. Meça exatamente a área de cada lugar onde você vai inserir o papel de parede e faça os cálculos. E verifique se o seu fornecedor trabalha com metragem ou com rolos. Isso faz toda a diferença na hora da compra. 

São detalhes que acabam passando desapercebidos e que podem gerar uma dor de cabeça enorme. Portanto, fique de olho! 

 

Saber como combinar estampas é essencial para manter o equilíbrio entre a elegância do ambiente e aquela vontade de levar todas as estampas para a casa. Com essas dicas, você viu que a escolha e a combinação são mais fáceis do que você poderia imaginar, não é mesmo? 

E se você gostou das ideias que trouxemos e quer continuar acompanhando nossas dicas de decoração e demais conteúdos, assine agora mesmo nossa newsletter. 

 

Conheça a loja

Escrito por QCola