Planejar o estilo e a cara que você dará ao seu lar nem sempre é uma tarefa fácil como se imagina, não é verdade? É preciso tempo, pesquisa e muita atenção para não cometer aqueles erros ao decorar um ambiente que podem levar todo o seu empenho por água abaixo.

Foi pensando nisso que listamos os 6 principais equívocos que você deve evitar para garantir que sua casa fique aconchegante, confortável e com muito bom gosto. Confira!

1. Ter excesso de móveis

Esse é o primeiro dos erros ao decorar um ambiente — e não é à toa. Afinal, ainda há muita gente que perde o controle e acaba incluindo mais móveis do que deveria em um mesmo recinto.

O resultado, claro, não poderia ser outro: excesso de mobília. Porém, o problema vai muito além e acaba prejudicando diretamente a sua rotina. Isso porque, devido ao comportamento impulsivo, você acaba adquirindo um mobiliário inadequado para o tamanho do espaço que possui.

Às vezes, o tamanho é menor do que deveria ou, em outros casos, maior do que realmente é necessário, o que dificulta a ventilação do local e a circulação de pessoas — já que a distância mínima requerida entre um móvel e outro é de pelo menos 70 cm, para evitar acidentes.

Há, ainda, o fato de que um volume grande de mobília dificulta a arrumação da casa e se torna fonte de poeira e acúmulo de itens desnecessários.

Para não cometer esse erro, priorize a funcionalidade (e não a quantidade). Isso é: opte por um mobiliário versátil, que permita otimizar o recinto e aproveitar de maneira mais inteligente cada canto do seu lar.

2. Encher os cômodos de elementos desconexos

Outro hábito bem equivocado que envolve excessos é o de encher os cômodos com elementos desconexos. E aqui a lista é vasta: obras de arte, quadros, itens decorativos, porta-retratos, luminárias de mesa, vasos…

Tudo isso, é claro, tem um grande potencial na decoração de um imóvel. Mas, para tanto, é preciso que sejam pensados e escolhidos a dedo antes de compor determinado lugar.

Dessa forma, o utensílio não vai apenas ocupar e congestionar o espaço, mas sim fazer parte dele, integrando-se à décor. Portanto, acabe com seu comportamento acumulador e tire um dia para fazer um inventário sobre todas as coisas que você tem em sua residência. 

Recolha os itens supérfluos e deixe apenas aqueles que realmente tenham uma função. Você verá como um cômodo clean, coeso e organizado fará toda a diferença na sua vida.

3. Apostar em cores erradas

As cores das paredes da casa deveriam ser escolhidas de forma simples. Essa, porém, é uma tarefa que se mostra escorregadia e suscetível a inúmeras falhas. A decisão de pintar as superfícies com tons escuros, como os terrosos e o preto, é um exemplo.

Em ambientes pequenos, essa opção se torna um terrível problema a longo prazo. Isso porque elas refletem menos a luz solar, deixando os cômodos mais escuros (especialmente durante a noite), e diminuem visualmente o tamanho do local. 

Para evitar esse tipo de situação, invista em cores claras na decoração. Elas absorvem mais o calor, refletem melhor as luzes solar e artificial e tornam os locais mais leves e espaçosos.

4. Não investir em papel de parede

http://blog.qcola.com.br/wp-content/uploads/2017/04/papel-de-parede.jpg

Além da pintura, há outra forma de dar vida aos recintos que você não pode deixar de lado: o papel de parede. Ao não investir nessa alternativa simples, barata e prática de transformar as superfícies, você acaba desperdiçando uma chance incrível de renovar o seu lar. 

Afinal, com o seu uso, é possível lidar com problemas de deformidade e gastos com a renovação dos tons das paredes, além de dar um toque de personalidade e bom gosto a cada ambiente. 

Outra característica importante é a variedade de padrões, cores e texturas. Você pode encontrar modelos floraisgeométricostemáticos, que simulam revestimento — como pedratijolos e madeira — etc. Por isso, vale a pena experimentar e dar uma personalizada na sua casa

5. Possuir uma iluminação aquém do necessário

Outro deslize bastante frequente na decoração diz respeito à iluminação — e ele pode ser observado de duas maneiras.

Na primeira, por não ter entradas e janelas suficientes que permitam a luminosidade natural do sol durante o dia. Isso faz com que o imóvel se torne escuro, abafado e úmido, podendo, inclusive, favorecer o surgimento de mofo.

Já a segunda acontece com a má escolha da iluminação artificial. A tonalidade de luz pode não ser adequada ao ambiente — cores frias para aumentar a atenção e quentes para gerar aconchego e conforto — ou as lâmpadas e luminárias podem estar incoerentes com o lugar.

Para corrigir isso, deve-se usar uma iluminação menos invasiva e alternada (por meios de diferentes fachos de luz) em espaços como a cozinha e os corredores, que são cantos com fluxo maior de pessoas e que requerem mais atenção. 

Os spots, por exemplo, são boas opções. Já para cômodos como a sala, é interessante apostar em uma luz mais concentrada, que ilumine a área sem incomodar visualmente. Aqui, as luminárias de coluna e os abajures são ótimas alternativas.

6. Não aproveitar a varanda

Por fim, mas não menos importante, o último dos erros ao decorar um ambiente: não aproveitar devidamente a varanda. Esse equívoco é ainda mais frequente entre aqueles que moram em apartamentos.

E isso acontece por vários motivos, como o fato da área ser pequena, de não ter uma vista agradável ou de não ter muitos atrativos. Como resultado, esse lugar tão valioso acaba sendo desperdiçado no décor de inúmeras residências.

Porém, você pode (e deve!) mudar isso. Para começar, planeje algo que a torne convidativa e faça dela parte integrada da sua rotina. O espaço pode, por exemplo, se tornar um cantinho de leitura, um local de meditação e relaxamento ou, então, um projeto de paisagismo com jardins verticais.

Nesse último caso, inclusive, vale apostar em plantas que harmonizem entre si e façam também belas composições em vasos, como a calábria, a alpínia, a bela-emília e a clúsia, que deixarão o ar mais puro e umidificado na sua casa.

Agora que você já sabe quais são os principais erros ao decorar um ambiente, é hora de deixar seu lar moderno, funcional e repleto de estilo, não acha? E, se gostou deste conteúdo, não deixe de compartilhá-lo com seus amigos nas redes sociais!

 

Conheça a loja

Escrito por QCola