Não é segredo que tons mais claros e neutros trazem sensações de leveza e higiene. Mas isso não te impede de complementar o restante do décor com objetos cheios de cor e personalidade. Seja na sua casa ou escritório, a decoração colorida está com tudo quando o assunto é estimular a criatividade e o equilíbrio.

A psicologia das cores é a principal responsável pela tendência. Essa teoria demonstra como as diferentes tonalidades são capazes de transformar os ambientes, trazendo sensações que vão desde o relaxamento mais profundo até um imenso potencial criativo.

Pensando nisso, trouxemos este post com dicas de como utilizar a decoração colorida a seu favor, estimulando o bom humor e a produtividade em qualquer ambiente. Comece pela pintura, mas não se esqueça de que os quadros, pôsteres e adesivos também são grandes aliados nessa tarefa. Veja só!

Pintura

Não tem jeito: a parede sempre chama muita atenção. Sem dúvidas, é a primeira coisa que salta aos olhos quando adentramos em um ambiente, seja uma casa ou espaço corporativo. Por isso, ela merece atenção especial.

Com uma paleta de cores tão extensa no mercado, pode até parecer difícil escolher o tom ideal da sua parede, mas não é. Basta pensar no estilo de décor que você quer dar ao ambiente e, também, nos tons que mais têm a ver com a sua personalidade.

E se a ideia é justamente fugir do branco clássico, vale tudo: desde os acinzentados aos mais vibrantes, como vermelhos e amarelos. Abaixo, veja as sensações que comumente são associadas a cada tom e descubra a cor ideal para o seu espaço.

Azul

Tons azulados remetem ao céu e ao oceano e, por isso, têm tudo a ver com sensações de amplitude e relaxamento perfeitas para a composição de quartos, por exemplo.

Já as nuances mais escuras do azul favorecem a comunicação, a eficiência e a confiança ideais para um ambiente corporativo. Que tal?

Verde

Não existe tom mais naturalista do que o verde! Remetendo às coisas da natureza — planta, frutos e pássaros — os tons esverdeados têm o poder de trazê-la para dentro da sua casa ou escritório.

Essa sensação fica maior quando combinamos objetos decorativos de matéria-prima natural, como pedras ou fibras de bambu.

Amarelo

Há quem diga que o amarelo deva ser utilizado com cautela nas paredes. Isso porque, quando em excesso, pode criar uma atmosfera de ansiedade. No entanto, alegria, criatividade e energia são as sensações que predominam nesse tom.

Como o amarelo é uma cor muito aberta (assim como o laranja), é comum esse receio em utilizá-la nas paredes. Se você está em dúvida mas não quer abrir mão dessa tonalidade, utilize nuances mais claras.

Caso prefira um amarelo mais vibrante, combine-o com móveis e demais elementos de tonalidades frias e mais suaves. Assim, não terá erro.

Vermelho

Equilibrio e criatividade

Na psicologia das cores, o vermelho é universalmente associado ao amor. Mas o que muita gente não sabe é que os tons avermelhados também têm tudo a ver com equilíbrio e criatividade, sendo associados também à personalidade de pessoas detalhistas.

Isso porque, ao pintar uma parede de vermelho, automaticamente nos vemos incumbidos de pensar cuidadosamente nos demais detalhes do ambiente, de modo a não “pesar” o cômodo com excesso de informação.

Nesse caso, vale a mesma dica dos tons amarelos: mescle as tonalidades mais vibrantes do vermelho com objetos de tons mais neutros e fechados. Apostar no contraste é sempre garantia de um décor bem-sucedido.

Rosa

As tonalidades do rosa ficam no meio-termo entre a leveza das nuances mais claras e a vibração das mais intensas. Por isso, os tons róseos reúnem equilíbrio e harmonia em doses certas para qualquer tipo de ambiente.

Roxo

A cor roxa é intensa e vibrante por natureza, sobretudo em nuances mais escuras. Além disso, as diversas tonalidades do roxo estão sempre associadas à originalidade, personalidade e estilo.

Cinza

Por incrível que pareça, a cor cinza e demais tonalidades neutras — branco, off-white e bege — não fogem da proposta de decoração colorida. Pelo contrário: podem ser boas aliadas para quem quer facilidade e praticidade na hora de compor o décor.

Isso porque a neutralidade desses tons é justamente o que vai permitir que você possa ousar mais no restante da composição. Uma parede toda cinza, por exemplo, fica perfeita quando ornamentada com quadros, pôsteres ou espelhos de molduras e cores diversas. Experimente!

Papéis de parede

Papel de parede

Assim como falamos dos tons coloridos para a pintura, o mesmo vale para os papéis de parede com o diferencial de que esse tipo de decoração é capaz de mesclar não só cores, mas também texturas e padronagens distintas.

Apostar em um papel que tem a cara do dono garante o máximo de personalidade e estilo para o ambiente, sem falar na praticidade da aplicação.

Lembre-se da dica: quanto mais colorido ou texturizado for o papel de parede escolhido, mais sutis devem ser os demais elementos do décor para não carregar o ambiente com muita informação.

Adesivos

Na mesma pegada dos papéis de parede, os adesivos combinam estilo, praticidade e preço baixo na decoração da sua casa ou escritório. Não é à toa que há muito tempo estão em alta no mercado.

Os adesivos decorativos são ótimas opções também para quem se cansou do décor anterior e quer dar aquela repaginada no visual do ambiente sem gastar muito e sem se preocupar com a bagunça da reforma. Afinal, aplicar adesivos nas paredes é, sem dúvida, a maneira mais prática e ágil de trazer cor, criatividade e entusiasmo para dentro de sua casa.

Atualmente, destacam-se duas opções bastante comuns no uso dos adesivos decorativos. Uma delas é na composição de revestimentos nos azulejos de cozinhas ou banheiros.

A outra se refere aos ambientes corporativos, onde os adesivos são utilizados na composição de painéis de recepção ou salas de reunião, reforçando a identidade visual da sua empresa, além de estimular a criatividade e a produtividade no ambiente.

Quadros

Não é de hoje que estão entre as peças mais lembradas quando o assunto é decoração e design de interiores. Combinando personalidade, requinte e elegância, os quadros são uma forma muito eficaz de trazer cores para o seu décor, qualquer que seja o cômodo em questão.

A tendência é fugir do óbvio e mesclar molduras de diversos tamanhos e temáticas em uma mesma parede. Além de compor um verdadeiro painel artístico de cores e sentidos, essa técnica estimula sensações de criatividade e originalidade.

Pôsteres

Quando falamos em pôster, é impossível não se lembrar dos estilos mais queridinhos do mercado A&D: vintage e retrô. Afinal, os pôsteres vintage nos remetem àquele antigo costume de guardar e reverenciar as gravuras de nossos ídolos ou propagandas preferidas.

Escolha uma temática que combine com você, enquadre figuras relacionadas em molduras variadas — quadrada, retangular, oval — e crie um cantinho inspirador para todo mundo que passar por ali!

Espelhos

Use e abuse deles. Além de trazerem amplitude, iluminação e leveza para os ambientes, garantem um efeito visual incrível quando despretensiosamente distribuídos em várias peças pela parede. Escolha uma cor para cada moldura e surpreenda-se com o resultado!

Viu só? Apostar na decoração colorida significa muito mais do que estilo e personalidade. Combinar diversas cores conforme a proposta do ambiente é um exercício que reúne inspiração, bom humor e, claro, muita criatividade.

Esses aspectos são essenciais quando falamos de decoração, não é mesmo? Principalmente para quem divide a casa com a família. Por isso, não deixe de conferir este post sobre como o décor do quarto de casal pode agradar perfeitamente aos dois moradores!

 

Conheça a loja

Escrito por QCola